Aqui se fala, aqui se paga!

No mundo contemporâneo, é com tristeza que afirmamos a grande frequência de uma pessoa ser insultada por sua opinião, religião e estilo de vida de modo geral .A patrulha ideológica está de volta com uma agressividade moral que não existia. Assim as pessoas o qual interagem e opinam em exercício da liberdade de expressão  acabam se tornando vítima de uma espécie de censura. Pessoas de grupos influentes se enquadram em situações polêmicas, o que acrescenta ainda mais desrespeito, ofensas e uma série de turbulências que se autodeclaram desnecessárias.

As pessoas sentem-se legitimadas para execrar qualquer coisa que remeta a uma ideia contrária à maioria da população. Com isso a insanidade com que pessoas vivem nos conduziu ao novo modelo da época: o liberal e intolerantemente orgulhosa. Encorajados por uma mídia delinquente, esuas sentem-se orgulhas em agredir os “divergentes” do senso comum. Isso se torna ainda mais perceptível principalmente se a voz pública que esses exercem são mais visíveis, como as vítimas  Fernanda Torres e Zeca Camargo.

A atriz e o jornalista anunciam suas opiniões em meios públicos de comunicação o qual já trabalham como a internet e a televisão. Porém quanto maior o alcance, maior a repercussão e a possível discordância. Claro que quando se percebe que além de uma pessoa ter um ponto diferente é equivocado e possui defeitos morais, deve haver correção, mas não é isso que ocorreu com elês. Ambos expressaram suas opiniões sobre assuntos polêmicos: machismo e gosto musical, com isso a patrulha ideológica não buscou saber ou entender os autores e acabaram por espalhar uma aversão e ódio sem nenchumaço discernimento. Desse modo Zeca e Fernanda, assim como inúmeras outras vitimas desse tipo de hostilização acaba por ter não somente um julgamento desnecessário, mas a perca do direito de expressão.

Assim torna-se  importante ressaltar que a criação de cada pessoa se somática a um local, comunidade e educação que pode ter inúmeras formações de pensamento. Nesse contexto, essa diversidade deve ser de inquestionável  importância mediante aos múltiplos assuntos. Afinal, uma sociedade tem sua manutenção pela soma de suas diferenças e não pela anulação delas. Portanto não basta apenas que todos garantam seus respectivos direitos de expressão, mas deve visar além do respeito, a necessidade das divergencias. Por fim a importância da construção de uma sociedade livre de censuras e preconceitos cabe a todos através da tolerância e aceitação de todos os gêneros, para que não não se repita as atrocidades já ocorridas no passado pelos mesmos erros.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s